Conhecendo Lima, a capital gastronômica da América Latina

Já comentei por aqui que Lima e Cusco são duas cidades extremamente opostas. Apesar de estar apenas 1h30 de voo uma da outra, a diferença é incrível e gritante entre elas.

Primeiramente que Lima é uma cidade litorânea, já Cusco é montanhosa e bem acima do nível do mar. Com temperatura em torno de 19 graus e clima predominantemente nublado, Lima é uma excelente cidade para fazer passeios turísticos, além de ser a a melhor capital gastronômica da América Latina. É uma definição e tanto!!

Fundada em 1535, a cidade sofreu diversas invasões e abalos sísmicos durante sua história, tendo que se reerguer rapidamente ao longo dos anos, o que acarretou na mudança dos traços urbanos e sua consequente modernização em relação a outras cidades. Por ser uma cidade praiana, os frutos do mar são especialidades “da casa”, principalmente o famoso ceviche, prato típico peruano.

Como chegar

Existem diversos voo que vão direto para Lima, sem fazer escala.

Nós fomos de LATAM e  voamos para Cusco, fazendo apenas conexão em Lima. E na volta Cusco-Lima ficamos 3 dias na cidade para depois retornar para São Paulo. Foi ótimo e um tempo excelente!

Aeroporto

Chegando no aeroporto de Lima não se assustem com o “ataque” dos taxistas para fechar sua viagem até o hotel. Ficam 7, até 8 taxistas em sua volta negociando valores em um espanhol rápido e carregado. Antes de fechar o preço, eu fiz uma simulação quanto ficaria indo de Uber para podermos negociar com os taxistas e deu certo. Apesar deles quererem cobrar mais caro, conseguimos negociar um valor adequado para os dois. Pagamos $40 Soles do aeroporto até o hotel (Novotel em San Isidro).

Aproveitem para trocar um pouco de soles no aeroporto. Eu troquei 200 dólares em soles, na casa de câmbio que fica ao lado das esteiras de bagagem, e indico bastante pois não perdemos tempo algum.

Hospedagem

Lima é uma cidade muito extensa, sendo importante encontrar um hotel com uma localização adequada para evitar perda de tempo. Os bairros de Miraflores e San Isidro são os ideais para quem quer “turistar” pela cidade.

Como a cidade tem diversos passeios, centros culturais e restaurantes, não acho que vale a pena investir demais em um hotel. O ideal é encontrar um lugar com boa localização, confortável e com preço razoável para não gastar dinheiro à toa.

JW Marriott Hotel

O hotel oferece acomodações de luxo com vista para o mar e uma excelente localização no melhor bairro da cidade (Miraflores), também fica ao lado do centro comercial Larcomar.

Novotel

Nós ficamos hospedados em um Novotel no bairro San Isidro. Achamos bem confortável (no padrão Novotel) e com excelente preço. Além de estar localizado em um ótimo bairro perto dos principais pontos turísticos. O custo-benefício foi ótimo, pois só parávamos no hotel para dormir e ainda tínhamos conforto para uma boa noite de sono.

Café-Da-Manhã do Novotel.

Área do bar próximo ao lobby.

Lobby do hotel.

Transporte 

Os táxis no Peru, de uma maneira geral, são carros bem antigos e muitos “caindo aos pedaços”. Nós andamos de UBER pela cidade e funcionou perfeitamente bem, além dos carros serem novos e bem equipados. Não sei dizer sobre o transporte público pois não andamos nele, mas a cidade é bem grande, com pontos turísticos bem distantes e acho que seria perda de tempo andar de ônibus. E vimos que os ônibus também são bem velhos.

Táxi em Lima (foto/reprodução).

Ônibus em Lima (foto/reprodução).

Importante mencionar que os táxis não tem taxímetro. Você deve negociar com eles o valor da viagem antes de entrar no carro. Você pode fazer o que fiz no aeroporto, simular o valor no Uber para ter uma ideia e não gastar dinheiro a toa.

Lima é uma cidade interessante para alugar carro, apesar de não termos alugado. A cidade é limpa, com infraestrutura urbana boa e fácil de se locomover. Só fiquem atentos com as inúmeras falésias da cidade. São acidentes geográficos parecidos com montanhas, que criam um desnível gigante entre as avenidas beira-mar e os malécons (parques que ficam no topo das falésias). O google, waze e gps não identificam esses desníveis e podem te confundir.

Falésias.

Moeda

A moeda em Lima também é Soles, claro. Da mesma maneira que em Cusco, a maioria dos restaurantes aceitam dólares.

Também sugiro trocar um pouco de $Soles para pagar transporte, souvenires, comprar um sorvete, pagar entrada de museus, centros culturais e etc.

Centro da cidade, limpo e impecável.

Não percam o próximo post, onde compartilharei passeios imperdíveis e restaurantes estrelados que indico.

Beijos,

Maria Luiza Canedo.

Comente esse post!

Deixe seu Comentário

Posts Relacionados
Machu Picchu
por Dieta e Caviar
Como comentei no post Como ir para Machu Picchu, nós fomos até Águas Calientes de Inca...
Machu Picchu
por Dieta e Caviar
Parque Arqueológico Machu Picchu Existem diversas maneiras de você chegar até Machu...
Cusco
por Dieta e Caviar
Peru é um país que se destaca por ser a melhor capital gastronômica da América Latina....
Instagram Sigam o nosso perfil!