Como ir para Machu Picchu

Parque Arqueológico Machu Picchu

Existem diversas maneiras de você chegar até Machu Picchu. Lembrando que tem a cidade de Machu Picchu, onde fica a estação Águas Calientes, e o Parque Arqueológico Machu Picchu são lugares distintos.

  1. Primeiramente, você tem que ir até Cusco. Uma ótima opção é você ficar hospedado no mínimo 2 dias para conhecer a cidade de Cusco e aproveitar o que os hotéis tem para oferecer (lá tem hotéis muito bons).

2. O segundo passo é pegar uma estação de trem, você tem 2 opções:

Estação Poroy (há 30 minutos de carro de Cusco)

Estação Ollantaytambo (há 1h30 de carro de Cusco)

Você pode sair de Cusco e chegar até as estações de van, transfer privativo, tour privado (que para em cidades como Chincero, Salineras e Moray para visitação), ou pode simplesmente chamar um táxi que te leva até a estação. Este último que nós fizemos. O hotel chamou um táxi 10 minutinhos antes do horário previsto de saída e fomos até Ollantaytambo (a estação Poroy estava fechada). Nos custou 100 soles o trecho.

À caminho de Ollantaytambo.

3. Chegando em Ollantaytambo, você vai pegar o trem para ir até Águas Calientes. Você também tem duas opções:

Peru Rail (site PeruRail)

Inca Rail (site IncaRail)

{Importante} É muito fácil comprar o ticket pelo site e muito recomendado. Se você não comprar, corre o risco de chegar na hora do embarque e não conseguir vaga no trem. Porém, no site você indica sua rota final sendo MACHU PICCHU (ou MAPI), mas essa rota final te leva até a cidade de Machu Picchu (estação de Águas Calientes) e não até o parque arqueológico de Machu Picchu. Lá, você ainda terá que comprar o ingresso do ônibus para subir até o parque. Entenderam?

Opção de comprar o ticket em Ollantaytambo.

Pelo site você compra a passagem de ida e de volta. Muita gente prefere ficar hospedado 1 dia em Águas Calientes para curtir Machu Picchu o dia todo, porém, é opcional. Nessa caso você compra trechos de ida e de volta separados.

Nós fomos de primeira classe através do Inca Rail no valor de $121 dólares por pessoa com almoço, bebidas e música ao vivo incluídos. Na volta fomos de classe executiva e pagamos $77 dólares por pessoa. Os valores variam bem conforme a demanda, por isso, é importante fechar com antecedência.

Vagão do trem Inca Rail.

Primeira classe – Inca Rail.

Classe executiva – Inca Rail.

4. Chegando em Águas Calientes até o Parque Arqueológico Machu Picchu:

Na estação de Águas Calientes é que fica a cidade de Machu Picchu. Lá é onde você pega o micro-ônibus para subir até o parque arqueológico. Saindo da estação de trem, seja vindo por Peru Rail ou Inca Rail (param no mesmo lugar), você tem que atravessar uma ponte que liga a estação até a cidade para encontrar o micro-ônibus. Essa área é bem confusa, pois antes da ponte tem uma grande e linda feirinha de souvenies que impedem sua visão. O ideal é se informar com o pessoal local que eles te direcionam corretamente (na realidade você sai da estação e desce a esquerda, no final da feira você encontra a ponte).

Seguindo a diante da ponte, você pega uma rua de paralelepípedos, a direita tem um prédio escrito Información al Visitante, entre pois é nesse edifício que você compra o ingresso para entrar no parque (caso não tenha comprado direto daqui). Nós pagamos $100 soles por pessoa. É lá também que eles te orientam o local para pegar o micro-ônibus.

Enfim, entrando pelas vielas da cidade você encontra a fila do micro-ônibus e os funcionários te orientam o local da compra do transporte até o parque. Comprando os ingressos você está apto a pegar a filar e subir até o parque através do micro-ônibus. O ingresso adulto estava $24 dólares por pessoa, ida e volta. Não esqueçam que demora 25 minutos para chegar a Machu Picchu. Em todos os trechos você tem que apresentar os ingressos e documento pessoal (passaporte ou RG).

Pronto! Finalmente, depois de muita correria, você chega ao fantástico mundo dos Incas.

Feirinha em Águas Calientes (foto/reprodução).

Pelas ruelas de Águas Calientes (foto/reprodução).

{Importante} Na entrada do parque tem diversos guias que você pode contratar na hora para te acompanhar.

Você encontra banheiros apenas fora do parque, antes das catracas, então aproveite.

Na saída do parque tem uma barraquinha onde você pode carimbar seu passaporte com o carimbo de Machu Picchu.

Não esqueça de levar óculos de sol, chapéu ou boné, e passar protetor solar e repelente.

Eu recomendo levar uma garrafinha de água para passear pelo parque. Porém, não se preocupe que na entrada tem lanchonetes com comida e bebida.

Fique atento aos horários! O embarque dos trens acontecem sempre 30 minutos antes do horário de saída.

Resumindo nossa viagem:

Ida

Cusco → Ollantaytambo ($100 soles por carro para até 3 pessoas)

Ollantaytambo → Águas Calientes ($121 dólares por pessoa)

Águas Calientes → parque Machu Picchu ($24 dólares por pessoa)

Machu Picchu ($100 doles por pessoa)

Retorno

parque Machu Picchu → Águas Calientes (está incluído no valor da ida)

Águas Calientes → Ollantaytambo ($90 dólares por pessoa)

Ollantaytambo → Cusco (está incluído no valor do trecho anterior o retorno de van)

 

Espero que tenha facilitado o máximo possível em compartilhar minha experiência com vocês.

E Machu Picchu é encantador. Vale um post especial só para falar desse parque arqueológico fascinante.

Qualquer dúvida me escrevem nos comentários.

Beijos,

Maria Luiza Canedo.

 

1 comentário

Posts Relacionados
Cusco
por Dieta e Caviar
Peru é um país que se destaca por ser a melhor capital gastronômica da América Latina....
Machu Picchu
por Dieta e Caviar
Como comentei no post Como ir para Machu Picchu, nós fomos até Águas Calientes de Inca...
Instagram Sigam o nosso perfil!