O açúcar escondido nos alimentos

acucar-acucar-cristal-acucar-mascavo-acuca-demarara-acucar-organico-11

Um grande erro que frequentemente cometemos é se atentar para a tabela nutricional do alimento (quantidade de calorias, carboidrato, sódio e etc) e não se preocupar com a composição dos ingredientes.

Sim, aqueles ingredientes que parecem estar escritos em alemão que se resumem em alta concentração de conservantes, sódio e também o tão temido açúcar (carboidrato). Saibam que o primeiro item escrito nos INGREDIENTES da embalagem sempre é o de maior quantidade no produto.

Um alimento classificado como sem adição açúcar no rótulo não necessariamente é sem açúcar na sua composição. Ingredientes como maltodextrina, sacarose, dextrose, xarope de glicose, xarope de milho, frutose, mel e açúcar mascavo provocam o mesmo efeito no organismo que o carboidrato, açúcar branco ou refinado, sendo então considerados como AÇÚCAR do mesmo jeito, porém, com outra denominação.

Esses ingredientes são amplamente utilizados na composição de produtos industrializados como barras de cereais, algumas barras de proteína, cereais matinais, bolachas (mesmo as integrais), bebidas de caixinha, pães e muitos outros que encontramos como “saudáveis” em empórios e lojas de produtos “naturais”.

O tipo mais comum de açúcar encontrado no rótulo dos alimentos é a sacarose. A sacarose é formada por uma molécula de glicose e uma de frutose. Onde a glicose será processada no pâncreas, enquanto a frutose será metabolizada no fígado, quando consumida.

O segundo tipo de açúcar encontrado é a  frutose. A frutose é o açúcar encontrado nas frutas e em diversos tipos de açúcares industrializados. A frutose in natura, consumida com moderação através das frutas, não faz mal ao nosso organismo, pois possuem água e a fibras que são digeridas lentamente pelo nosso intestino. Já a frutose dos sucos de fruta e xarope de milho podem causar uma resistência à insulina, e consequentemente, diabete, doenças cardiovasculares e obesidade (aumento significativo do peso).

Algo semelhante acontece com o leite, que possui um açúcar chamado lactose. Porém, o leite com moderação ainda é bem recomendado pelos médicos por sua capacidade nutricional e benefícios à saúde, exceto às pessoas intolerantes a lactose.

Outra palavra amplamente encontrada nos rótulos é a maltodextrina. Um polímero (grande molécula) da glicose com altíssimo índice glicêmico, metabolizada de forma rápida no organismo e consequentemente produzindo um pico de insulina no sangue e o armazenamento de gordura.  Fuja desses produtos, estudos mostram que não é o consumo de gordura que nos deixa gordos e sim o consumo de açúcar.

Outra substância, semelhante a maltodextrina, que você pode encontrar nos rótulos dos alimentos industrializados é dextrose. Dextrose é um sinônimo de glicose, a forma mais simples do açúcar e a única fonte que o nosso organismo consegue absorver. Assim como a maltodextrina, a dextrose também gera o pico de insulina que vai resultar em energia não aproveitada e ser armazenada no corpo em forma de gordura.

acucar-acucar-cristal-acucar-mascavo-acuca-demarara-acucar-organico-15

Além dessas denominações do açúcar, existem outros nomes encontrado nos rótulos dos produtos como: açúcar invertido, demerara, açúcar magro, light, confeiteiro, mascavo, orgânico, mel, agave, que, com pequenas variações, atuam basicamente da mesma forma no nosso organismo. Por isso eu sempre digo, cuidado com os docinhos FIT, diet e light, pois todos sem exceção contém uma boa dose de açúcar.

Resumindo, se atentar ao rótulo e buscar cada vez mais refeições naturais, evitando produtos industrializados é a melhor maneira de manter uma alimentação saudável com foco no emagrecimento. Optar por alimentos com maior fonte de gordura e menor quantidade de açúcares e carboidratos vão contribuir e acelerar a perda de peso e de gordura corporal.

E quando sair da dieta e resolver comer um doce, procure consumir poucas vezes na semana e com a ciência de que está comendo açúcar. A pior coisa é consumir um alimento enganada, achando que está comendo saudável, pois o risco de exagerar e comer todos os dias é grande, sendo o culpado pela sua insatisfação nos resultados.

imagem-de-doces-bombons-sobremesas-13

 

1 comentário

  1. Hosting disse:

    O acucar e um constituinte onipresente da nossa dieta, e e consumido como um componente natural de muitos alimentos, como em frutas, vegetais e no leite, e tambem como um componente adicionado durante o processamento e preparacao de alimentos5 . E de amplo conhecimento que os refrigerantes, sorvetes e doces, por exemplo, contem uma quantidade excessiva de acucar adicionado.

Deixe seu Comentário

Posts Relacionados
DIETA
por Dieta e Caviar
Uma dúvida que sempre tive a qual esclareci com meu nutri é sobre a ingestão de frutas...
Instagram Sigam o nosso perfil!