DICAS PARA EMAGRECER

Quer título mais sugestivo e clichê que esse? Pois é, mas a verdade é que estamos cansados dessa batalha de engorda e emagrece, e nunca conquistar o corpo e saúde que queremos, correto?

Que o processo de emagrecimento deve ser lento e gradativo todo mundo já sabe, mas como controlar a ansiedade e manter uma dieta até esse tempo “lento e gradativo” chegar ? Parece que não chega nunca…

Eu já passei por momentos que não consegui concluir uma dieta nem por 1 semana. Mas uma hora eu tive que cair na realidade e parar de adiar uma situação que eu não poderia mais fugir: fazer dieta e exercícios periodicamente.

Milagres não existem, mas eu tenho algumas dicas que funcionaram comigo e tornaram o meu dia a dia de reeducação alimentar mais objetivo e menos maçante. Vamos lá:

 

  1. NÃO PASSAR FOME

A primeira e mais importante dica é não passar fome durante a dieta. A fome é o nosso maior inimigo. A pessoa que está vivendo um processo de emagrecimento não consegue controlar a fome, aliás, nosso cérebro {a razão} bloqueia toda nossa força de vontade e dedicação fazendo com que a gente coma tudo o que vem pela frente, o mais fácil e rápido possível. Por isso, é muito importante fazermos de 6 a 7 refeições por dia, para manter nosso corpo saciado durante todo o dia, permitindo que a gente controle com facilidade as “tentações alimentares”. E caso você esteja passando fome na sua dieta, peça para seu nutricionista/educador físico rever o seu plano alimentar.

Por exemplo, antes de qualquer festa {até aniversário de criança} eu faço uma refeição na minha casa. Vou completamente saciada a ponto de evitar até aqueles docinhos deliciosos de festa. Quando você está satisfeita, a razão fala mais alto e você consegue dizer não!

 

  1. TRAÇAR METAS POR CURTO PERÍODO

Para mim, o termo “longo e gradativo” sempre foi um problema. Eu sou ansiosa e imediatista, gosto de resultados rápidos e sofro para obte-los. Assim, mesmo sabendo que minhas atitudes e reeducação alimentar tem que ser a longo prazo, eu traço metas por períodos curtos, me presenteando com um alimento prazeroso pelo sucesso.

Por exemplo, eu determino que vou me dedicar na dieta praticamente 100% durante 1 mês, e quando completar esse mês eu vou me permitir tomar um vinho, jantar em um restaurante com direito a couvert, entrada, prato principal e sobremesa, comer 1 barra de chocolate. Enfim, algo que você gosta muito e te da prazer em comer.

Essas pequenas permissões funcionam, não engordam e te ajudam a continuar para a próxima meta!

 

  1. FICAR ATENTO AOS SEUS COSTUMES

Cada pessoa tem um hábito alimentar diferente, por exemplo, tem pessoas que sentem mais fome no almoço, tem pessoas que não conseguem controlar a gula aquela horinha que chega do trabalho, enfim, cada um tem um jeito de ser. É preciso se conhecer para analisar quais são seus pontos fracos. A pessoa que sente muita fome no almoço a ponto de não controlar o que coloca no prato, deve fazer um lanche da manhã mais reforçado. A pessoa que chega do trabalho com fome ou possui uma ansiedade incontrolável durante a noite, deve reforçar o lanche da tarde. E esse “reforçar” inclui lanchinhos doces como uma crepioca de banana, pasta de amendoim integral, entre tantos outros, para aqueles que são “formigas” como eu.

 

  1. FAÇA A DIETA INTEGRALMENTE

Um problema muito comum na dieta é que as vezes não percebemos que saímos dela quase todos os dias.

Por exemplo, eu tenho uma dieta traçada pelo meu nutricionista/educador físico. Só que hoje eu adaptei a mandioca do almoço por arroz. Amanhã eu comi só 2 bolachinhas passatempo. Depois de amanhã eu acabei comendo a sobremesa. Se você analisar individualmente, você saiu apenas um pouquinho da dieta. Mas se analisar de forma macro, você saiu TODOS OS DIAS DA DIETA. E isso é uma forma de enganar o seu organismo e não emagrecer. Eu mesma já pensei diversas vezes: “Nossa, eu vivo de dieta e não emagreço”, e quando lembro o que comi na ponta do lápis, foi exatamente isso que eu fiz, saí todos os dias da dieta (de pouquinho em pouquinho).

Por isso, não se engane. FAÇA A DIETA INTEGRALMENTE. E se sair da dieta, saia com consciência, e volte com dedicação durante os próximos dias.

 

  1. FAZER EXERCÍCIOS PERIODICAMENTE

Na minha opinião, a dieta é responsável por praticamente 80% do processo de emagrecimento. Se você fizer 1 hora de exercício por dia e comer demais, é muito difícil você emagrecer {ao menos que você malhe 3 horas por dia ou já tenha tendência em ser magro, que não é o meu caso}.

MAS, os 20% de responsabilidade dos exercícios físicos são muito importantes. Para mim são importantes porque causam um bem-estar incalculável {pois você produz uma grande quantidade de neurotransmissores responsáveis pelo bem-estar}, te deixam mais sensato a ponto de você não jogar todo o seu esforço fora e comer radicalmente algo fora da dieta, e claro, acelera sim o processo de emagrecimento.

Mas, também parto do princípio que fazer exercícios 2 a 3 vezes por semana não adianta nada para quem quer emagrecer {faz muito bem para a saúde}. Tem que ralar e malhar de 4 a 6 vezes por semana para ver grandes resultados.

 

  1. PLANEJAR A SUA SEMANA

Não chegue do trabalho e encontre a despensa com guloseimas. Aquela hora que você está cansado e com fome TEM que estar com a refeição da sua dieta pronta. Basta se planejar!

Geralmente, eu tiro o domingo para ir ao mercado e fazer todas as marmitinhas com as refeições da próxima semana e congelo. Mesmo que eu almoce fora, eu fico com uma marmitinha a mais para próxima semana. Esse planejamento garante que você faça 100% da sua dieta, sem desculpas.

Eu já cheguei a chamar uns amigos em casa para comer pizza e beber vinho, e adivinhem ? Enquanto eles devoravam as pizzas, eu tirei a minha refeição do freezer, descongelei e comi junto com eles. Tranquilo! Basta ter planejamento na hora da fome. O resultado você vai ver dali alguns meses, e vai estar cada dia mais satisfeito.

Quando você não faz a dieta, você passa o próximo mês arrependida de ter perdido todo esse tempo, sem resultados.

 

Pessoal, entendam que eu trato a palavra DIETA exclusivamente como uma reeducação alimentar. Um plano adequado para os seus objetivos que deve ser feito com acompanhamento de um profissional. Sem dietas radicais que não funcionam!

Então é isso. Espero que as dicas ajudem e vamos fazer acontecer! Só nós somos responsáveis pelas mudanças que queremos ver!

Beijo grande para todos.

Maria Canedo

@dietaecaviar

 

2 comentários

  1. Depois de ler tudo vou planejar minha dieta e finalemente conseguir emagrecer, rsrs
    Brigadão pelo post, amei muitão <3

  2. dietaecaviar disse:

    Olá Andressa! Que bom!
    Fico muito feliz em ajudar. E claro, depois me conte sobre suas conquistas.
    Beijos e obrigada.

Deixe seu Comentário

Posts Relacionados
DIETA
por Dieta e Caviar
Uma dúvida que sempre tive a qual esclareci com meu nutri é sobre a ingestão de frutas...
GASTRONOMIA
por Dieta e Caviar
Quibe assado é uma opção prática, fácil e deliciosa para um almoço preguiçoso de...
Instagram Sigam o nosso perfil!