O Rio de Janeiro continua lindo…

IMG_1891_Fotor_

Clichês a parte, como eu disse no post anterior, eu me apaixonei pelo Rio! Pela fusão de sensações e diversidades emocionais que a cidade nos proporciona. O clima, a metrópole, o sol, o mar, o Cristo, os hotéis maravilhosos, o excelente atendimento, o Jardim Botânico, a praia de Ipanema e o badalado Leblon. Existem mil motivos para você conhecer o Rio, então programe sua viagem e conheça.

Como eu já mencionei também, sempre, SEMPRE me programo semanas antes de viajar, podendo agendar restaurantes, passeios, trens e qualquer outra coisa que necessite de programação. Nós optamos em ir de avião para o Rio, e optamos por pegar taxis e motorista privado do hotel. Até porque o excesso de mídia contra o Rio de Janeiro deixa os paulistas de cabelo em pé, causando uma super insegurança na primeira visita a cidade. Inclusive nos orientaram a não ir de carro e nem alugar, pois como qualquer GPS, eles não indicam pontos perigosos e podem te levar para qualquer lugar indevido, enfim, é opcional de cada um.

Pegamos o voo em São Paulo no feriadinho de Páscoa e em 1 horinha já estávamos desembarcando no Aeroporto Internacional do RJ – Galeão. Apesar de ser mais distante conseguimos um ótimo preço o qual valeu muito a pena a distância. O aeroporto disponibiliza taxis especiais que cobram um valor fixo para te levar até o destino, não correndo o risco de causar aquela “enrolação” durante um trânsito e outro. No meu caso deram 45 minutos até Ipanema, praia onde ficamos hospedados e pagamos $130,00 reais pela corrida.

O hotel que ficamos é o Caesar Park Ipanema administrado pelo top Sofitel Luxury Hotels, o mesmo que o Sofitel Jequitimar Guarujá {que já postei AQUI}. O hotel é uma alegria a parte que vale até uma postagem especial apenas para falar dele. E o atendimento então nem se fale. Após o check-in almoçamos deliciosamente no hotel e fomos curtir e conhecer a praia de Ipanema, passeando por Leblon e pelos barzinhos da orla, e assim foi até o segundo dia. A ciclovia é fantástica, beirando a praia em toda sua extensão, com bicicletários distribuídos pela cidade, onde permite você alugar uma bicicleta e deixa-la em outro ponto, através do aplicativo do celular {como São Paulo}.

IMG_1880

 

IMG_1891

 

DCIM100GOPROG1100664.

 

IMG_2062

Como já falei AQUI, no primeiro dia fomos conhecer o charmoso restaurante Brigite’s com pratos deliciosos e serviço impecável, e deixamos o segundo dia destinado à praia e ao encantador Jardim Botânico. O jardim tem que fazer parte do passeio de todo mundo, ele é lindo, precioso e oferece uma atmosfera tranquila e perfumada, além de possuir as palmeiras imperiais trazidas por Dom João VI ao Brasil. Fiquei encantada! Importante ressaltar que fomos de táxi.. Chegando, nos deparamos com o restaurante La Bicyclette, local onde já tínhamos programado para almoçar e apesar de não termos reservado, demos a sorte de chegar e sentar {logo faço um post especial sobre esse restaurante orgânico incrível}. A entrada do jardim custa $7 reais, e a abertura acontece de segunda-feira das 12hs até 17hs e de terça a domingo das 8hs as 17hs.

IMG_2098

Entrada do Jardim Botânico.

IMG_2120

Orquidário.

IMG_2135

E no meio do jardim tinha… gnomos!


IMG_2189

E não é encantador?

IMG_2164

Casa de pedra!

Ainda no segundo dia fomos jantar no restaurante Fasano Al Mare e aproveitamos por acabar a noite no Bar Barreto-Londra topíssimo e merece um post especial e exclusivo com todos os detalhes do meu jantar e escolhas saudáveis {o que é o mais importante}.

O próximo passeio que escolhemos foi a visita no Cristo, claro. Não podíamos passar pelo Rio e não visitar os grandes pontos turísticos, infelizmente, não conseguimos conhecer o morro Pão de Açúcar mas com certeza vai ficar para a próxima. Existem duas maneiras de ir para o Cristo, ir de táxi até uma van localizada em Copacabana que sobe até o Corcovado ou ir de taxi até a pequena estação de trem exclusiva para acesso ao Cristo, com horários agendados. Você pode solicitar ao concierge do hotel fazer todas as reservas e orientar sobre os melhores horários, passamos o cartão para ele e ele reservou com facilidade, indicando o período da manhã como melhor horário para visitar o Cristo. A corrida de táxi até a estação nos custou $70 reais só a ida e o valor das passagens custaram $62 reais cada. Na minha opinião valeu a pena cada centavo, é lindo e inspirador!

IMG_2398

Estação de Trem exclusiva para acesso ao Cristo.

IMG_2392

Foto bem ilustrativa do caminho que fazemos de trem, dura em torno de 20 minutos para subir.

IMG_2306

Cristo Redentor {sem filtro}.

DCIM100GOPROG2010940.

O que eu precisava para um Domingo de Páscoa.

IMG_2365

The Christ through my lens. Amazing!


DCIM100GOPROGOPR1055.

Quando você quer tirar foto de todos os ângulos.

IMG_2368

Por isso que usamos todos os clichês: O Rio de Janeiro continua lindo….

Comente esse post!

Deixe seu Comentário

Posts Relacionados
Chile
por Dieta e Caviar
Como eu já disse AQUI, o Chile me encantou pelo seu dinamismo de passeios e diversidade...
Instagram Sigam o nosso perfil!